Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1052
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Estudo sobre a percepção da necessidade de uso de equipamento de proteção Individual e sua real utilização por operários da construção civil
Autor(es): Carolina, Hisabela Garcia
Orientador(a): Santos, Ismael Leite Ribeiro dos
Membro da Banca: Santos, Ismael Leite Ribeiro dos
Membro da Banca: Zampieri, Jéssica Nathália Florêncio
Membro da Banca: Possati, Deise
Resumo : Nos últimos 7 (sete) anos ocorreram no Brasil aproximadamente 4,5 milhões de acidentes de trabalho, desses 16.900 foram acidentes fatais, conforme dados do boletim da Fundacentro 2013, considerando apenas os dados oficiais, mas na realidade devido a informalidade, esses números são bem maiores, esses altos índices de acidentes de trabalho, estão ligados em sua grande maioria com a contratação informal, pois quanto mais trabalhadores na informalidade, mais essa situação é propícia a gerar acidentes, estão expostos a diversos riscos, devido a diversos fatores, como o não conhecimento e o não cumprimento da Normas Regulamentadoras entre outros fatores. (TOSMANN, 2018). Logo, o presente trabalho tem como proposta, o estudo comparativo, com embasamento nas normas regulamentadoras – NR’s, e o estudo de caso, num comparativo entre a teoria e a prática, a fim de presumir, qual a percepção por parte dos operários, da necessidade em se usar o Equipamento de Proteção Individual, com relação a sua real utilização no canteiro de obras. Considerando os resultados analisados e obtidos, conclui-se que todas as obras necessitam de planejamento quanto à segurança e saúde no trabalho, e o grande impasse está em os responsáveis assumirem suas responsabilidades e implantarem as regras das normativas em suas obras. Os resultados obtidos nos refletem à importância que se deve dar a esta problemática, já que a construção civil é um dos setores que mais contratam mão de obra, são um grupo que estão mais expostos aos riscos que outras profissões, e que contribui significativamente para crescimento da economia.
Resumo em lingua estrangeira: In the last seven (7) years, approximately 4.5 million work-related accidents occurred in Brazil, of which 16,900 were fatal accidents, according to data from the Fundacentro 2013 bulletin, considering only official data, but in reality due to informality, these figures are accidents are mostly linked to informal employment, since the more informal workers, the more likely this is to cause accidents, are exposed to different risks, due to the lack of knowledge and non-compliance with Regulatory Standards among other factors. (TOSMANN, 2018). Therefore, the present study has as its proposal, the comparative study, based on the normative rules - NR's, and the case study, in a comparative between theory and practice, in order to presume, the perception by workers, the need to use the Personal Protection Equipment in relation to its actual use at the construction site. Considering the results analyzed and obtained, it is concluded that all the works need planning regarding safety and health at work, and the great impasse lies in the responsible ones assuming their responsibilities and implanting the rules of the norms in their works. The results obtained reflect the importance that must be given to this problem, since civil construction is one of the sectors that most hire labor, are a group that are more exposed to the risks than other professions, and that contributes significantly to growth of the economy.
Palavra-chave: Acidentes de trabalho
Normas regulamentadoras
Percepção dos operários
EPI
Palavra-chave em lingua estrangeira: Occupational accidents
Regulatory norms
Perception of workers
EPI
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUA - Araguaia
Departamento: Instituto de Ciências Exatas e da Terra (ICET) – Araguaia
Programa: Engenharia Civil - CUA
Referência: CAROLINA, Hisabela Garcia. Estudo sobre a percepção da necessidade de uso de Equipamento de Proteção Individual e sua real utilização por operários da construção civil. 2019. 55 f. TCC (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia, Instituto de Ciências Exatas e da Terra, Barra do Garças, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1052
Data defesa documento: 27-Mar-2019
Aparece na(s) coleção(ções):Engenharia Civil - Araguaia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_ 2019_ Hisabela Garcia Carolina.pdf1.74 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.