Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1164
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Coinfecção por Hepatozoon canis, Ehrlichia canis & Babesia canis vogeli no Brasil
Autor(es): Conceição, Luciana Auxiliadora Viebrantz da
Orientador(a): Mendonça, Adriane Jorge
Membro da Banca: Mendonça, Adriane Jorge
Resumo : Carrapatos da espécie Rhipicephalus sanguineus são os principais vetores de hemoparasitoses em cães como: hepatozoonose causada pelo Hepatozoon spp, erliquiose causada pela Ehrlichia canis e babesiose causada pela Babesia spp. No Brasil existem poucos relatos da coinfecção pelos três agentes. Foi estudado um canino que apresentava infestação de carrapatos, anorexia, desidratação, perda de peso, mucosas pálidas, ascite, anemia, neutrofilia, eosinopenia, linfopenia, monocitose, trombocitopenia e hipoproteinemia. Gamontes de H. spp, inclusões de Babesia spp e mórulas de E. canis foram visualizados no esfregaço sanguíneo. O DNA dos três parasitas foi extraído da amostra de sangue, e o diagnóstico confirmado pela técnica da reação em cadeia de polimerase (PCR). O resultado encontrado pelo exame parasitológico no esfregaço sanguíneo, em seguida encaminhado para o PCR e sequenciamento do DNA, confirmam a coinfecção de um animal pelo Hepatozoon canis, Ehrlichia canis e Babesia canis vogeli.
Resumo em lingua estrangeira: Rhipicephalus sanguineus ticks are the main vectors of hemoparasitosis in dogs such as: hepatozoonosis caused by Hepatozoon spp, erlichiosis caused by Ehrlichia canis and babesiosis caused by Babesia spp. In Brazil, there are few reports of coinfection by the three parasites. A dog with tick infestation, anorexia, dehydration, weight loss, pale mucosa, ascites, anemia, neutrophilia, eosinopenia, lymphopenia, monocytosis, thrombocytopenia and hypoproteinemia were studied. Gamons of H. spp, Babesia spp inclusions and E. canis morulae were visualized in the blood smear. The DNA of the three parasites was extracted from the blood sample, and the diagnosis was confirmed by the polymerase chain reaction (PCR) technique. The results found by the parasitological exam in the blood smear, then sent to PCR and DNA sequencing, confirm the co-infection of an animal with Hepatozoon canis, Ehrlichia canis and Babesia canis vogeli.
Palavra-chave: Babesiose
Hepatozoonose
Hematologia
Cão
Ehrlichia
Palavra-chave em lingua estrangeira: Babesiosis
Hepatozoonosis
Hematology
Dog
Ehrlichia
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Medicina Veterinária (FAVET)
Programa: Especialização em Residência Uniprofissional em Medicina Veterinária - CUC
Referência: CONCEIÇÃO, Luciana Auxiliadora Viebrantz da. Coinfecção por Hepatozoon canis, Ehrlichia canis & Babesia canis vogeli no Brasil. 2017. 11 f. TCC (Especialização em Residência Uniprofissional em Medicina Veterinária) - Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Medicina Veterinária, Cuiabá, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1164
Data defesa documento: 22-Mar-2017
Aparece na(s) coleção(ções):Residência Uniprofissional em Medicina Veterinária

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCCP_2017_Luciana Auxiliadora Viebrantz da Conceição.pdf269.93 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.