Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/138
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Extremos antropométricos e consumo alimentar de crianças na região Centro-Oeste do Brasil : uma avaliação dos dados do SISVAN dos anos de 2010 a 2014
Autor(es): Arruda, Jéssika Patatas de
Orientador(a): Fonseca, Lorena Barbosa
Membro da Banca: Fonseca, Lorena Barbosa
Membro da Banca: Rodrigues, Paulo Rogério Melo
Membro da Banca: Nogueira, Patrícia Simone
Resumo : Este estudo analisou dados disponíveis no SISVAN Web referentes ao perfil antropométrico e consumo alimentar de crianças menores de dois anos residentes na região Centro-Oeste nos anos de 2010 a 2014. Para análise dos dados utilizaram-se medidas de frequência e de associação (χ² e Razão de Prevalência). Observou-se aumento da prevalência do excesso de peso em todos os estados segundo os índices IMC/I e P/E, sendo que Mato Grosso e Goiás apresentaram as maiores prevalências. Em relação à magreza, segundo P/E, perceberam-se oscilações de prevalências em todos os estados ao longo dos anos, sendo que as maiores prevalências foram encontradas no Distrito Federal. Em relação à baixa estatura, avaliada por E/I, perceberam-se prevalências mais elevadas em Goiás e Mato Grosso. Quanto ao aleitamento materno total entre menores de seis meses, houve diferença entre todos os estados, tendo o Distrito Federal apresentado as maiores prevalências. Avaliou-se o consumo alimentar de crianças de 6 a 12 meses, e observou-se que os alimentos mais consumidos foram verduras, legumes, frutas, carnes e feijão. Apesar da prevalência de consumo ter sido alta, nenhuma chegou a 100%. Considerando que o consumo deveria ser feito por todas as crianças maiores de 6 meses, estas prevalências estão aquém do recomendado. As prevalências do consumo de leite, leite com farinha, bebidas/preparações açucaradas, apesar de menores, foram importantes, pois nesta faixa etária, o consumo destes pode prejudicar a qualidade da alimentação e contribuir para a formação de hábitos alimentares pouco saudáveis.
Resumo em lingua estrangeira: This study analyzed data available on the SISVAN Web for the anthropometric profile and food consumption of children under two years old in the Midwest region in the years 2010-2014. For data analysis, it was used measures of frequency and association (X² and prevalence ratio). The results showed increased prevalence of overweight in all states of the region according to BMI / I and W/H. The states of Mato Grosso and Goias presented the highest prevalence. Regard to thinness based on W/H, prevalence of oscillations was realized in all states over the years, with the highest prevalences which were found in the Federal District. In relation to stunting, assessed by H/A, realized higher prevalence in Goias and Mato Grosso. In terms of total breastfeeding among children under six months, there was difference between all states, and the Federal District presented the highest prevalence. It was evaluated the dietary consumption of children aged 6 to 12 months, and it was observed that the highest prevalence rates were the consumption of vegetables, fruits, meat and beans. Despite high, none of these prevalence rates reached 100%. Whereas the consumer should be done by all children over 6 months, these prevalence rates are below recommended. The prevalence of drinking milk, milk with flour, food / sugary preparations, although smaller, were important to this age group, the consumption of these can affect the quality of food and contribute to the formation of unhealthy eating habits.
Palavra-chave: Vigilância alimentar e nutricional
Estado nutricional
Nutrição infantil
Palavra-chave em lingua estrangeira: Nutritional surveillance
Nutrional status
Infant nutrition
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Nutrição (FANUT)
Programa: Nutrição - CUC
Referência: ARRUDA, Jéssika Patatas de. Extremos antropométricos e consumo alimentar de crianças na região Centro-Oeste do Brasil: uma avaliação dos dados do SISVAN dos anos de 2010 a 2014. 2016. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Nutrição, Cuiabá, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/138
Data defesa documento: 28-Sep-2016
Aparece na(s) coleção(ções):Nutrição - Bacharelado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_2016_Jessika Patatas de Arruda.pdf921.15 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.