Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1414
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Contração volumétrica e propriedades físicas de grãos de soja : influência varietal
Autor(es): Hauth, Michele Rosemari
Orientador(a): Botelho, Fernando Mendes
Coorientador: Botelho, Silvia de Carvalho Campos
Membro da Banca: Botelho, Fernando Mendes
Membro da Banca: Botelho, Silvia de Carvalho Campos
Membro da Banca: Ruffato, Solenir
Resumo : Objetivou-se com o presente trabalho avaliar a contração volumétrica de grãos de soja e ajustar diferentes modelos matemáticos aos valores experimentais obtidos em função do teor de água. Além disto, buscou-se determinar propriedades físicas de grãos de soja (massa específica aparente, diâmetro equivalente, esfericidade, circularidade e relação superfície/volume) em função da redução do teor de água. Para a determinação da contração volumétrica, os grãos de soja foram secos em uma estufa com circulação forçada de ar regulada nas temperaturas de 40, 50 e 60 ºC. Para a avaliação das propriedades físicas em função do teor de água, considerou-se a secagem na temperatura de 50 ºC. O ajuste dos modelos matemáticos de contração volumétrica foi realizado por meio de análise de regressão linear e não-linear pelo método Gauss Newton, enquanto que, os dados experimentais das propriedades físicas foram submetidos à análise de variância seguido de regressão. Os modelos Bala e Woods adaptado e Polinomial, para a variedade NS7901RR e Corrêa, Exponencial, Linear, Lozano, Mayor e Polinomial, para a variedade TMG132RR, foram os que apresentaram melhor ajuste aos dados observados da contração volumétrica tanto aparente quanto unitária nas diferentes temperaturas do ar de secagem. Todas as propriedades físicas analisadas apresentam uma relação direta com o teor de água, sendo que a exceção do diâmetro equivalente, todas aumentaram linearmente com a redução do teor de água. As diferenças físicas varietais foram mantidas para todas as propriedades analisadas, mas a variação durante a secagem ocorreu em proporções diferentes
Resumo em lingua estrangeira: The aim of this work was to evaluate the volumetric shrinkage of soybeans and aplly different mathematical models to experimental values obtained according to the moisture content. In addition, it sought to determine some physical properties of soybeans (bulk density, equivalent diameter, sphericity, roundness and surface-volume ratio) due to the reduction of moisture content. To determine the shrinkage, soybeans were dried in an oven with forced air flow at some regulated temperatures of 40, 50 and 60 ° C. To physical properties evaluation due to the moisture content, it was considered the drying at a temperature of 50 °C. The set of mathematical models of shrinkage was done by linear and non-linear regression analysis through Gauss Newton method, whereas the experimental data of physical properties undergone a variance analysis followed by regression. The Bala and Woods adapted and Polynomial models for the NS7901RR variety, and Correa, Exponencial, Linear, Lozano, Mayor and Polynomial models for the TMG132RR variety showed the best fit to the observed data of volumetric shrinkage from apparent to unit in the different drying air temperatures used. All analyzed physical properties presented a direct relationship to moisture content. With the exception of equivalent diameter,and they all the physical properties increased linearly with the reduction of moisture content. The physical varietal differences were maintained for all analyzed properties, but the variation during the drying took place in different ratios.
Palavra-chave: Dimensões características principais
Glycine max (L.)
Teor de água
Variedade
Volume
Palavra-chave em lingua estrangeira: Main characteristic dimensions
Glycine max (L.)
Moisture content
Variety
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUS - Sinop
Departamento: Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais (ICAA) – Sinop
Programa: Engenharia Agrícola e Ambiental - CUS
Referência: HAUTH, Michele Rosemari. Contração volumétrica e propriedades físicas de grãos de soja : influência varietal. 2016. 49f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) – Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais, Sinop, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1414
Data defesa documento: 22-Jul-2016
Aparece na(s) coleção(ções):Engenharia Agrícola e Ambiental - Sinop

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC-2016-MICHELE ROSEMARI HAUTH.pdf1.45 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.