Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/311
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Conhecimento dos profissionais de serviços de atenção primária à saúde sobre doença de Chagas em municípios do Médio Araguaia matogrossense
Autor(es): Barroso, Larissa Valverde
Orientador(a): Lunardi, Rosaline Rocha
Membro da Banca: Lunardi, Rosaline Rocha
Membro da Banca: Souto, Paula Cristina Souza
Membro da Banca: Brito, Raquel Santos
Resumo : A doença de Chagas (DC) é causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, sendo considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) uma das doenças tropicais mais negligenciadas em todo o mundo. O protozoário tem como hospedeiros invertebrados os triatomíneos, conhecidos popularmente como barbeiros, e como hospedeiros vertebrados, os mamíferos. Em humanos a DC induz quadros clínicos com diversas manifestações. Na fase aguda é possível a intervenção terapêutica medicamentosa com erradicação da infecção parasitárias, já na fase crônica, há apenas tratamento sintomatológico das complicações da doença, podendo-se apresentar com quadros graves de cardiopatias, e alterações no trato digestório. Como a fase aguda tem sintomas que podem ser comumente associados a outras doenças e, até o momento, não há tratamento para a infecção na fase crônica, é essencial que hajam medidas profiláticas de controle dos vetores, por meio das ações de setores públicos de vigilância entomológica e epidemiológica, bem como da orientação da população exposta aos triatomíneos e, ainda, dos profissionais de saúde. Este trabalho teve como finalidade verificar o conhecimento de profissionais dos serviços atenção primária à saúde, sobre a doença de chagas e seus vetores e, ainda, de como deve ser o controle da Doença de Chagas. Trata-se de uma pesquisa quantitativa, exploratória e descritiva. O estudo contemplou 18 Unidades de Saúde da Família, nos municípios de Pontal do Araguaia-MT e Barra do Garças-MT. Houve a participação de 127 profissionais, entre enfermeiros, médicos, odontólogos, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, auxiliar de saúde bucal, e técnicos em administração. Observou-se que os conhecimentos dos profissionais em geral não são suficientes para a execução de medidas de controle vetorial e manejo da infecção por T. Cruzi preconizadas pelo Programa de Controle da Doença de Chagas, do Ministério da Saúde. Dado ao risco de áreas endêmicas de triatomíneos, faz-se necessário o fomento de ações de capacitação dos profissionais da atenção primária a saúde, para que atuem com eficiência no controle vetorial e epidemiológico no diagnóstico precoce e no manejo dos casos de Doença de Chagas.
Resumo em lingua estrangeira: The Chagas disease (DC) is caused by the protozoan Trypanosoma cruzi, being considered by the World Health Organization (OMS) one of the most neglected tropical diseases throughout the world. The protozoan has as invertebrate hosts the triatomines (Barber) and vertebrate hosts, the mammals. In humans induces with various clinical manifestations. In the acute phase and possible speech therapy with the eradication of parasitic infection, already in the chronic phase, there are only treatment of complications of the disease, which may present with severe heart diseases, and changes in the digestive tract. As the acute phase has symptoms that can be commonly associated to other diseases and, until now, there is no treatment for infection in the chronic phase, it is essential that have prophylactic measures for control of vectors, by means of the actions of public sectors of entomological surveillance and epidemiological surveillance, as well as the orientation of the population exposed to the triatomines and, even, of health professional. Purpose of this study was to verify the knowledge of professionals of primary health care services, on the Chagas Disease and its vectors and, still, as must be the control of Chagas disease. It is a quantitative, exploratory and descriptive research. The study included 18 Family Health Units in the municipalities of Pontal do Araguaia-MT and Barra do Garças-MT. It was attended by 127 professionals, including nurses, doctors, dentists, nursing technicians, community health agents, oral health aides, and administrative technicians. We observed that the knowledge of professionals in general are not sufficient for the implementation of measures for vector control and management of infection by T. cruzi recommended by the program for the Control of Chagas Disease, the Ministry of Health. Given the risk of endemic areas of triatomines, it is necessary to promote the actions of capacitation of professionals in primary health care, to act with efficiency in vector control and epidemiological in early diagnosis and management of cases of Chagas Disease.
Palavra-chave: Doença de Chagas
Epidemiologia
Controle
Educação em saúde
Palavra-chave em lingua estrangeira: Disease of Chagas
Epidemiology
Control
Health Education
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUA - Araguaia
Departamento: Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde (ICBS) – Araguaia
Programa: Enfermagem - CUA
Referência: BARROSO, Larissa Valverde. Conhecimento dos profissionais de serviços de atenção primária à saúde sobre a doença de Chagas em municípios do Médio Araguaia matogrossense. 2018. 56 f. TCC (Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal do Mato Grosso, Campus Universitário do Araguaia, Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde, Barra do Garças, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/311
Data defesa documento: 18-Oct-2018
Aparece na(s) coleção(ções):Enfermagem - Araguaia

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_2018_Larissa Valverde Barroso.pdf525.78 kBAdobe PDFVer/Abrir    Request a copy


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.