Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/952
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Informação das acadêmicas de enfermagem quanto a menarca e importância do tema na sua formação acadêmica
Autor(es): Silva, Rosilane Batista
Orientador(a): Nespollo, Alice Milani
Membro da Banca: Nespollo, Alice Milani
Membro da Banca: Aléssio, Aline Morandi
Membro da Banca: Garcia, Francisco Moacir Pinheiro
Resumo : Os adolescentes têm sido estudados com maior frequência devido o início precoce do aparecimento dos sinais da puberdade. Tendo em vista a problemática envolvida com maturidade sexual, principalmente os desafios da menarca nas meninas, conhecer os sentimentos e dúvidas que ocorrem nesse processo permite a criação estratégias para melhorar a qualidade de atendimento de saúde prestado a esse público. Objetivo: identificar entre os acadêmicos de enfermagem o conhecimento acerca da menarca na adolescência, enfatizando o conhecimento adquirido após o ingresso na Universidade. Metodologia: trata-se de um estudo descritivo com uma abordagem quantitativa, realizado com as acadêmicas de enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) – Campus Sinop. Os critérios de inclusão foram estar regulamente matriculado no semestre 2018/1 no Curso de Graduação em Enfermagem da UFMT; ser do sexo feminino e ter 18 anos ou mais. Para a coleta de dados foi utilizado um questionário autoaplicável que abrangiam questões relacionadas a idade das acadêmicas, idade da menarca e desenvolvimento sexual, informações adquiridas durante o período de formação em relação ao crescimento e desenvolvimento dos adolescentes. A análise dos dados foi realizada por meio de estatística descritiva. O estudo foi realizado após aprovação do Comitê de ética em Pesquisa da UFMT - Campus Sinop pelo parecer n. nº 2.598.698. Resultados: das acadêmicas regularmente matriculadas no Curso de Graduação em Enfermagem, 34,84 responderam ao questionário. A idade média das participantes foi de 25,13 anos e a idade média da menarca foi de 12,87 anos. A insegurança foi a reação diante da menarca mais prevalente quando questionado a respeito. No momento da menarca 63,16% acadêmicas já possuíam informações sobre o evento sendo a principal responsável por essa informações a figura materna. Todas as acadêmicas julgaram importante ter informações sobre a menarca e puberdade e também afirmaram que educação sexual é uma estratégia de saúde eficiente para a abordagem da temática. Quando questionadas a respeito da grade curricular 52,53% afirmaram que a grande curricular adequada para desenvolver ações voltadas para adolescentes. Conclusão: o estudo destaca que a faculdade é de fundamental importância na aquisição de conhecimento especifico para esse evento durante o período de formação.
Resumo em lingua estrangeira: Adolescents have been studied more frequently due to the signs of precocious puberty. Considering the sexual maturity issues, especially the challenges of menarche in girls, knowing the feelings and doubts that occur in this process allows the creation of strategies to improve the health care quality provided to this public. Objective: to identify among the nursing students the understanding about menarche in adolescence, emphasizing the knowledge acquired after joining the University. Methods: This is a descriptive study with a quantitative approach, carried out with nursing students from the Federal University of Mato Grosso (UFMT) - Campus Sinop. The inclusion criteria were: to be regularly enrolled in the 2018/1 semester of Nursing Course; be female and be 18 years or older. To collect data, a self-administered questionnaire was used, covering questions related to the age, the age of menarche and sexual development, information acquired during the University period about to adolescents' growth and development. Data analysis was performed using descriptive statistics. The study was carried out after approval of the Research Ethics Committee of UFMT - Campus Sinop, under No. 2.598.698. Results: 34.84% of the students enrolled in the Nursing Course answered the questionnaire. They had a mean age of 25.13 years, and the mean age of menarche was 12.87 years. The insecurity was the most prevalent reaction when asked how they handled the time of menarche. In the moment of menarche, 63.16% already had information about and the motherly figure was the main responsible for it. All the students considered important to have menarche and puberty information and also affirmed that sex education is an efficient health strategy to approach the issue. When questioned about the curriculum grade, 52.53% stated that it is adequate to develop actions aimed at adolescents. Conclusion: the study emphasizes that the University has fundamental importance in the acquisition of knowledge about the subject.
Palavra-chave: Estudantes de Enfermagem
Puberdade
Menarca
Palavra-chave em lingua estrangeira: Nursing students
Puberty
Menarche
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUS - Sinop
Departamento: Institutos de Ciências da Saúde (ICS) – Sinop
Programa: Enfermagem - CUS
Referência: SILVA, Rosilane Batista. Informação das acadêmicas de enfermagem quanto a menarca e importância do tema na sua formação acadêmica. 2018. 43f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) – Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Ciências da Saúde, Sinop, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/952
Data defesa documento: 9-Aug-2018
Aparece na(s) coleção(ções):Enfermagem - Sinop

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC-2018-ROSILANE BATISTA SILVA.pdf694.86 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.