Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1002
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Avaliação do extrato vegetal de moringa no controle de fungos em sementes de milho
Autor(es): Silva, Maria Isabel Postil da
Orientador(a): Alves, Niédja Marizze Cezar
Membro da Banca: Alves, Niédja Marizze Cezar
Membro da Banca: Pereira, Abraão da Silva
Membro da Banca: Alves, Crislane Reis
Resumo : Zea mays é uma das principais e mais importantes culturas cultivadas no Brasil, tendo uma grande importância social e econômica, devido a seu grande leque de utilidades, como consumo humano e animal. Para uma boa produção, é fundamental que as sementes apresentem alto percentual de germinação e vigor; contudo, é comum que as sementes sofram com fungos no armazenamento, sendo uma das maiores causas de danos, que leva a uma rápida deterioração da semente, fazendo a mesma perder sua qualidade fisiológica. Atualmente o método mais disseminado de controle destes fungos é a aplicação de produtos industriais, porém com o uso destes pode ocorrer contaminações, trazendo riscos tanto ao ambiente como a saúde humana. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a atividade antifúngica do extrato vegetal da semente Moringa oleífera Lam., este foi aplicado a semente com as dosagens (0, 3, 6, 9 e 12 ml), as amostras de sementes foram armazenadas em embalagens de papel multifoliado durante o período de 90 dias. Também objetivou-se analisar o efeito do extrato sobre o potencial fisiológico da semente, estas foram avaliadas por meio dos testes de umidade, germinação, condutividade elétrica e micoflora. Os resultados obtidos mostraram a eficiência do extrato vegetal, quando aplicado em suas maiores doses 9 e 12 ml, observou-se que as amostras de sementes tratadas com a dosagem de 12 ml demonstraram uma porcentagem de germinação menor que as demais concentrações avaliadas.
Resumo em lingua estrangeira: Zea mays is one of the main and most important crops grown in Brazil, has a great social and economic importance, due to it’ s wide range of utilities, such as human and animal consumption. For a good production it’s fundamental that the companies present a high percentage of germination and vigor; In addition, it’s common for seeds with greater storage capacity, being one of the major causes of damage, which leads to a rapid deterioration of the seed, making your aura physiological. Currently the most widespread fungi control is the application of chemicals, but with the use of a cycle of contamination, bringing risks to the environment as a human health. The present work was carried out with the objective of evaluating the activity of the moringa seed extract (Moringa oleifera Lam.), as ingested in different dosages (0, 3, 6, 9 and 12 ml) as samples. Of seeds were stored in multifolium paper packages during the period of 90 days. The objective of this study was to analyze the effect of the extract on the physiological potential of the seeds, as evaluated through the tests of moisture, germination, electrical conductivity and mycoflora. The results obtained showed that the efficiency of the vegetal extract is higher when compared to the higher doses (9 and 12 ml), observed that the samples of seeds treated with a dosage of 12 ml showed a percentage of germination lower than the others, as others did not differentiate.
Palavra-chave: Zea mays
Extrato vegetal
Antifúngico
Palavra-chave em lingua estrangeira: Zea mays
Plant extract
Antifungals
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUR - Rondonopólis
Departamento: Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas (ICAT) – Rondonópolis
Programa: Administração - CUR
Referência: SILVA, Maria Isabel Postil da. Avaliação do extrato vegetal de moringa no controle de fungos em sementes de milho. 2018. 33 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Agrícola e Ambiental) – Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas, Rondonópolis, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/1002
Data defesa documento: 15-Oct-2018
Aparece na(s) coleção(ções):Engenharia Agrícola e Ambiental - Rondonópolis

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_2018_Maria Isabel Postil da Silva.pdf1.33 MBAdobe PDFVer/Abrir
Autorização_Maria Isabel Postil da Silva.pdf840.33 kBAdobe PDFVer/Abrir    Request a copy


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.