Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/132
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Evolução nutricional e fatores de risco associados ao diabetes mellitus gestacional de gestantes em atendimento ambulatorial
Autor(es): Martins, Angélica Lemos
Orientador(a): Silva, Maria Helena Gaíva Gomes da
Membro da Banca: Silva, Maria Helena Gaíva Gomes da
Membro da Banca: Latorraca, Márcia Queiroz
Membro da Banca: Silva, Nilma Ferreira da
Resumo : Diante dos inúmeros danos que o diabetes mellitus gestacional (DMG) pode acarretar para a saúde da mãe e do concepto, este estudo teve por objetivo avaliar a evolução nutricional e os fatores de risco associados ao DMG de gestantes em atendimento ambulatorial. Avaliaram-se prontuários de 67 gestantes com DMG que realizaram pré-natal entre janeiro e dezembro de 2014 no serviço de ambulatório de pré-natal de diabetes gestacional do Hospital Universitário Júlio Muller/HUJM/UFMT. Os resultados foram analisados no programa EPI-INFO versão 7.0 e Statistical Package for Social Science (SPSS). Verificou-se que a maioria das mulheres com DMG apresentaram sobrepeso ou obesidade tanto pré-gestacional quanto durante a gestação, sendo a obesidade do início (64,52%) até o término (52,2%) da gravidez a condição nutricional predominante. Observou-se um percentual expressivo de gestantes com ganho de peso excessivo (38,33%). A avaliação dos fatores de risco associados ao DMG mostrou a idade acima de 31 anos (62,70%), o histórico de diabetes em parentes de 1º grau (62,69%), o maior número de gestações (multigestas: 57,58%) e ganho de peso gestacional excessivo (38,33%), como os que mais contribuíram para essa ocorrência. A análise do perfil glicêmico apresentou-se dentro dos padrões recomendados. Observou-se que quanto maior o IMC pré-gestacional, mais elevadas encontravam-se as concentrações de glicose de jejum e mais reduzidas estavam as concentrações séricas de HDL-c. Concluiu-se que a avaliação do estado nutricional materno e a identificação dos fatores de risco na assistência ao pré-natal são fundamentais para um melhor diagnóstico do DMG.
Resumo em lingua estrangeira: In face of numerous damage that GDM can lead to the health of mother and fetus this study aimed to assess the nutritional status and risk factors associated with gestational diabetes mellitus in pregnant women in outpatient care. This study was conducted by collecting data from 67 pregnant records diagnosed with GDM who received prenatal care from January to December of 2014 in the prenatal diabetes gestational clinic service in Julio Muller University Hospital/HUJM/UFMT. The results were analyzed in EPI-INFO version 7.0 program and complemented by the Statistical Package for Social Sciences (SPSS) version 20.0. It was found that most women with GDM were overweight or obese, both pre-pregnancy and gestation. Obesity was the predominant nutritional status from the beginning (64.52%) until the end (52.2%) of pregnancy. There were a significant percentage of pregnant women who were overweight gain (38.33%). Evaluation of risk factors associated with GDM in the study group showed that age above 31 years (62.70%), diabetes mellitus history of 1st degree relatives (62.69%), followed by multiple pregnancies (57.58%) and excessive gestational weight gain (38.33%) were the factors that contributed to this occurrence. Glycemic profile analysis values were in accordance with the recommended. Regarding the laboratory and biochemical tests, it was observed that the higher the pre-pregnancy BMI, higher-met if the fasting glucose concentrations and lower serum concentrations of HDL-c. In conclusion, there is the importance of evaluation of maternal nutritional status and the recognition of risk factors in prenatal care for better diagnosis of GDM.
Palavra-chave: Diabetes mellitus gestacional
Estado nutricional
Fatores de risco
Palavra-chave em lingua estrangeira: Gestational diabetes mellitus
Nutritional status
Risk factors
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Nutrição (FANUT)
Programa: Nutrição - CUC
Referência: MARTINS, Angélica Lemos. Evolução nutricional e fatores de risco associados ao diabetes mellitus gestacional de gestantes em atendimento ambulatorial. 2016. 45 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Nutrição) – Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Nutrição, Cuiabá, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/132
Data defesa documento: 27-Sep-2016
Aparece na(s) coleção(ções):Nutrição - Bacharelado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_2016_Angélica Lemos Martins.pdf865.96 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.