Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdm.ufmt.br/handle/1/718
Tipo documento: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Sanidade de grãos de milho em função de material genético ou fungicidas foliares
Autor(es): OLIVEIRA, Lorrayne Ferreira
Orientador(a): Bonaldo, Solange Maria
Coorientador: Ruffato, Solenir
Membro da Banca: Bonaldo, Solange Maria
Resumo : As doenças que ocorrem na cultura do milho podem causar grandes prejuízos aos agricultores, e aos consumidores do produto e seus derivados. Portanto, avaliou-se a sanidade de grãos de milho em diferentes materiais genéticos ou em função de aplicação de fungicidas foliares. Os grãos utilizados foram provenientes de colheita da safra 2014/2015 em fazendas de Sinop e Sor riso, no Estado de Mato Grosso. Para isto, coletaram -se amostras de grãos dos híbridos P3630H, 30F53YH, P2830H e P3844H e amostras de grãos submetidos a aplicação de fungicidas foliares (Abacus® HC, Opera®, Ativum, Priori ®Xtra, Aprouch®, Nativo®, Elatus™, Fox®, UNIZEB GOLD e Orkestra™) em diferentes épocas de aplicação (uma aplicação no limite do trator mais uma sequencial no pré-pendoamento e uma aplicação no pré-pendoamento). O teste padrão (“Blotter Test”) permitiu observar a incidência de Aspergillus sp., Fusarium sp. e Penicillium sp. Os dados foram submetidos a análise de variância e teste de Scott-Knott, a 5% de probabilidade. Nos tratamentos com fungicidas foliares o gênero com maior incidência foi Penicillium sp. (81,7%), seguido por Fusarium sp. (74,5%) e Aspergillus sp. (2,47%). O tratamento mais resistente aos fungos Penicillium sp. e Fusarium sp foi T5-Aprouch® + Nimbus com duas aplicações (no limite do trator e pré-pendoamento). O tratamento mais suscetível a Fusarium sp. foi T-14 Fox®+Aureo® (100%) e os mais suscetíveis a Penicillium sp. foram T2-Opera® + Assist® e T9- Ativum + Assist® ambos com 93% de incidência. Nos tratamentos com material genético resistente o gênero com maior incidência foi Penicillium sp. (82%), seguido por Fusarium sp. (68,75%) e Aspergillus sp. (15,25%). O híbrido com menor incidência de Fusarium sp. foi o P2830H (59%). O híbrido com maior resistência aos gêneros Aspergillus sp. e Penicillium sp. foi o P3844H (5 e 55%). O híbrido mais suscetível aos patógenos Aspergillus sp. Fusarium sp. e Penicillium sp. foi o 30F53YH (37, 79 e 94%). Para melhor qualidade sanitária de grãos, com base nos dados observados, é recomendada a utilização do fungicida Aprouch® (aplicações no limite do trator e pré-pendoamento) e do híbrido P2830H.
Resumo em lingua estrangeira: Diseases that occur in corn crops can cause great losses to farmers and consumers of its product and derivatives. So, was evaluated the sanity of maize grains in different genetic materials or due to the application of foliar fungicides. The grains used were obtained from the crop of 2014/2015 on farms of Sinop and Sorriso, State of Mato Grosso. For this, grain samples were collected from hybrids P3630H, 30F53YH, P2830H, and P3844H and grain samples submitted to foliar fungicide application (Abacus® HC, Opera®, Ativum, Priori ®Xtra, Aprouch®, Nativo®, Elatus ™, Fox®, UNIZEB GOLD e Orkestra™) in different application periods (an application in tractor limit, another in sequence in the pre-tassels and an another in the pre-tassels). The standard test ("Blotter Test") allowed noticing the incidence of Aspergillus sp., Fusarium sp. and Penicillium sp. Data were submitted to analysis of variance and Scott- Knott test at 5% probability. In the treatments with foliar fungicides, the genus with the highest incidence was Penicillium sp. (81.7%), followed by Fusarium sp. (74.5%) and Aspergillus sp. (2.47%). The more resistant treatment to fungi Penicillium sp. and Fusarium sp was T5-Aprouch® + Nimbus with two applications (in the tractor limit and pre -tassels). The most susceptible treatment to Fusarium sp. T-14 was Fox® Aureo® + (100%) and the more susceptible to Penicillium sp. were T2-Opera® + Assist® and T9-Ativum + Assist® both with an incidence of 93%. In treatments with the resistant genetic material the genus with the highest incidence was Penicillium sp. (82%), followed by Fusarium sp. (68.75%) and Aspergillus sp. (15.25%). The hybrid with the lower incidence of Fusarium sp. was P2830H (59%). The hybrid with greater resistance to Aspergillus sp. and Penicillium sp. was P3844H (5 and 55%). The most susceptible hybrid to pathogens Aspergillus sp., Fusarium sp. and Penicillium sp. was 30F53YH (37, 79 and 94%). For the better sanitary quality of grains, based on the observed data, it is recommended to use the Aprouch® fungicide (applications in tractor limit and pre -tassels) and the hybrid P2830H.
Palavra-chave: Zea mays L.
Qualidade
Híbrido
Controle
Aspergillus
Fusarium
Penicillium
Palavra-chave em lingua estrangeira: Zea mays L.
Quality
Hybrid
Control
Aspergillus
Fusarium
Penicillium
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUS - Sinop
Departamento: Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais (ICAA) – Sinop
Programa: Agronomia - CUS
Referência: OLIVEIRA, Lorrayne Ferreira. TSanidade de grãos de milho em função de material genético ou fungicidas foliares. 2016. 39f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agronomia) – Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais, Sinop, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://bdm.ufmt.br/handle/1/718
Data defesa documento: 22-Jul-2016
Aparece na(s) coleção(ções):Agronomia - Sinop

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC-2016-Lorrayne Ferreira Oliveira.pdf486.68 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.